Buscar
  • Projeta Comunicação

Benefícios do sexo

. Fazer sexo tem efeitos na saúde? Quais?

Existem benefícios do ponto de vista orgânico e do ponto de vista emocional. Do ponto de vista orgânico a atividade sexual vivida em todos os níveis, do estímulo erótico, passando pela excitação e orgasmo, libera diversos hormônios na corrente sanguínea tais como endorfina, dopamina, estrógeno, testosterona, entre outros... Cada qual atuando de uma determinada maneira, produzindo relaxamento, produzindo vasodilatação dos vasos sanguíneos, diminuindo a ação do cortisol (hormônio do estresse), aumentando a temperatura corporal, e diversas outras ações. Do ponto de vista emocional a experiência sexual de qualidade tem efeitos benéficos na saúde, uma vez que a troca afetiva aumenta a autoestima dos pares, facilita o convívio melhorando a comunicação, possibilita o indivíduo se expressar no social com toda sua potência, melhora o humor, além de que quando se tem uma vida sexual prazerosa nos desenvolvemos bem em outras áreas também, como a profissional, familiar, social.

. Qual uma frequência saudável de relação sexual por semana?

Não existe uma regra, uma frequência ideal, o que vai ditar isto é a necessidade do casal que é algo impossível de generalizar, pois cada indivíduo é único. É comum muitos pares acreditarem que fazem pouco sexo utilizando parâmetros sociais idealizados que reforçam a crença do desempenho sexual irreal, e se sentirem inadequados ao se compararem. Mais frequente ainda é termos um no casal com mais demanda de sexo que o outro. Seja como for, não podemos enquadrar a necessidade instintual de sexo no mesmo nível para todas as pessoas. . Quais são as posições sexuais mais conhecidas? Explique-as.

As posições sexuais mais conhecidas geralmente são aquelas mais confortáveis, ou as que facilitam a obtenção do orgasmo. Para mulher a posição em que ela consegue cavalgar sobre o parceiro, ou seja, o homem deitado e ela sentada em cima, possibilita a fricção do clitóris no pubs do homem facilitando a obtenção do orgasmo durante a penetração. Para os homens é bem comum a posição "de quatro" em que há controle deles durante a penetração do ritmo e da intensidade facilitando-lhes chegar ao clímax. . O que é o orgasmo?

É uma descarga corporal que gera alívio após um acúmulo de tensão sexual. . Como saber se o parceiro atingiu o orgasmo?

Se houver dúvidas a melhor maneira de saber se o par chegou a orgasmo é perguntando-lhe. Não existe método de adivinhação no que se refere à orgasmo, prazer, excitação. A comunicação assertiva é o que mais garante a possibilidade de saber sobre o outro quando o assunto é sexo. . Depois de anos de relacionamento, a frequência da relação sexual tende a diminuir? Como manter a chama acesa?

Sim, com o passar dos anos há uma queda na frequência sexual. O que não é necessariamente algo ruim, pois com o convívio e a intimidade pode-se trocar quantidade de relações sexuais por qualidade nas mesmas. Para manter a chama acesa é preciso não perder o gosto pelo "namoro", ter boa comunicação para conseguir falar daquilo que gosta no sexo e do que não gosta, buscar situações afrodisíacas para apimentar a relação, tais como viagens, jantares, entre outros estímulos que possam acontecer na concordância de ambos, e ter leveza e humor para lidar com o cotidiano. . Por que a preliminar é importante para o sexo?

Porque a preliminar enriquece a relação sexual, aquece o corpo e a mente do casal, possibilita uma maior excitação facilitando a obtenção do orgasmo, além de que tira o foco da penetração expandindo a possibilidade do prazer para outras regiões do corpo. . O orgasmo simultâneo existe? Como o casal pode atingi-lo?

Sim, ele até existe, mas na verdade não é isto que importa realmente, não vou compactuar com esta crença. É difundido pelos meios de comunicação o orgasmo simultâneo como um sinal de algo especial e superior, mas na realidade não fomos feitos para chegar ao clímax juntos, pois a mulher tem um tempo de excitação diferente do homem e uma anatomia que não facilita este tipo de orgasmo, porque para a maioria das mulheres o mesmo é mais facilmente obtido pela fricção do clitóris e não pelo movimento mecânico do pênis. Os parceiros podem atingi-lo acidentalmente, mas passar uma receita de como conseguir um orgasmo simultâneo é algo tão impossível quanto inútil, além do que seria necessário elaborar uma espécie de matemática sexual, algo como: "resolva esta equação", situação completamente contraditória com a espontaneidade e naturalidade que é preciso para se ter uma relação sexual satisfatória. . É possível ter prazer anal?

Sim, a percepção de prazer é algo muito subjetivo. Muita gente vai ter prazer anal, mas não signifique que sirva para todas as pessoas. . O tamanho do pênis faz diferença na relação sexual?

Não. Esta é outra crença disparatada a respeito da sexualidade. Existem diversas maneiras de dar prazer a uma mulher para além da penetração. E mesmo durante esta, a possibilidade do orgasmo está mais relacionada com estímulos por toda a vulva, e também na entrada do canal vaginal, do que na profundidade da penetração. . Existem posições que ajudam o homem a ejacular? Quais?

Principalmente aquelas em que eles podem manter-se no controle da penetração, tanto no ritmo quanto na intensidade. Por exemplo, quando estão por cima da parceira, em posições em que há maior dominância deles em relação à elas. . No sexo oral, é possível o homem sentir prazer se estiver usando preservativo?

Sim, é preciso que ele diga à parceira qual a melhor maneira de lhe dar prazer no sexo oral usando o preservativo. . Como propor ao parceiro novidades para apimentar a relação?

Com cuidado para não ultrapassar os limites do outro, essa história de apimentar relação cada indivíduo tem uma concepção singular de como isso se define. O problema não é o que se propõe, mas como isso é colocado. . Como o parceiro deve agir se a mulher não consegue atingir o orgasmo?

Conversando com ela, tranquilizando-a e compreendendo. Nestes casos é melhor que os parceiros busquem ajuda psicoterápica. . Por que algumas mulheres demoram mais a se excitar?

Porque a resposta sexual feminina varia de mulher para mulher, a não ser que esta mulher em questão esteja tendo alguma disfunção sexual, do contrário o tempo de excitação é algo extremamente individual e singular.

. O Ponto G existe? Onde ele fica?

Há estudos que afirmam que sim, mas isto também é outra questão completamente desimportante, uma vez que a mulher é um infinito de possibilidades de conquistar prazer, de descobrir zonas erógenas, de obter orgasmo cada vez com mais facilidade aprendendo sobre seus próprios desejos, aprendendo e ensinando sobre seu corpo, sobre sua maneira de se excitar. O ponto G feminino está para além do genital, está numa boa conversa, está num parceiro carinhoso, em trocas afetivas. . O que são orgasmos múltiplos? Eles existem? Como atingi-los?

Orgasmos múltiplos são uma série de pequenos orgasmos um imediatamente após o outro. Sim eles existem, mas são característicos da resposta sexual de apenas algumas mulheres. . Como conseguir excitação prévia do parceiro?

Com preliminares que podem começar antes do encontro sexual.


0 visualização

Estou aqui para te ajudar a resolver seus problemas

© 2020 por Projeta Comunicação

ic_insta.png
ic_face.png
ic_youtube.png
ic_whats.png