Buscar
  • Projeta Comunicação

A química sexual



Ter química sexual é ter intimidade na hora do sexo e muita afinidade na cama com um determinado parceiro. Muitas vezes, ela ocorre de forma inesperada. Como mágica, de repente estamos ligados à outra pessoa pela pele, pelo cheiro, pelo toque. Outras vezes, ela é conquistada pelos parceiros depois de muito se experimentarem e, a partir de então, um repertório de trocas sexuais e afetivas se estruturam possibilitando a vivência erótica e satisfatória do par.

Quando ela acontece, fica a impressão de que não temos outra escolha a não ser nos permitir o prazer junto ao outro. Parece uma imposição do corpo, algo instintivo, que, não raro, ultrapassa questões da racionalidade.

Seja como for, ela é primordial para obtermos satisfação e nos realizarmos sexualmente. Ela pode simplesmente acontecer ou pode-se descobri-la e redescobri-la quando há investimento na relação, entretanto não se deve insistir para obtê-la. A insistência é a confirmação que não houve a tão esperada “química sexual”.

0 visualização

Estou aqui para te ajudar a resolver seus problemas

© 2020 por Projeta Comunicação

ic_insta.png
ic_face.png
ic_youtube.png
ic_whats.png